Carregando para você a melhor oferta de passeios e experiências de Portugal e Espanha.
Voltar ao blog A História dos Azulejos Portugueses
Lisboa | Passeios
Rita Costa |
A História dos Azulejos Portugueses

Se é como nós, você adora azulejos! Quadrados, coloridos e muito tradicionais em Portugal, os azulejos portugueses são verdadeiros marcos do país. Mas sabe o porquê de serem tão famosos? E por que são azuis e brancos? Se adora estas pequenas peças de cerâmica, este novo artigo de blog é para si!

 

O azulejo é uma das características mais marcantes da cultura portuguesa. De facto, se visitar Portugal, encontrará inúmeras fachadas de monumentos cobertas por azulejos, de norte a sul do país. Por outro lado, cada vez mais se sente o destaque e o fascínio da população e dos turistas por este trabalho de cerâmica! E ainda bem: estas pequenas maravilhas têm um enorme valor histórico, cultural e artístico.

 

A palavra “Al-zulaich” chegou-nos do árabe para desenhar “pequena pedra polida”, o que originou o português “azulejo”.  De origem egípcia, a decoração de monumentos e edifícios em cerâmica, nas paredes e no chão, passou a ser muito procurada e requisita pelos reis portugueses a partir do século XV, ganhando um lugar de destaque para a arquitetura do país. Desde então, os azulejos – normalmente formatados em 15x15 – invadiram os interiores e exteriores de igrejas, parques, escadarias, casas, conventos e muitos outros edifícios. Portugal tornou-se um verdadeiro país de azulejos!

 

 

Bebendo influências das porcelanas chinesas, os tons azuis começaram a ganhar representação, associando a combinação azul e branco como cores de requinte e prestígio. Assim se tornaram as cores mais comuns para os azulejos portugueses. Em Portugal, os azulejos chegam até a relatar histórias e descrições do passado, tradições, a vida comum da população e são também expressão de temas religiosos, militares e sociais.

 

 

Tal é a fama e a importância destes azulejos para Portugal que, em 1965, foi criado o Museu Nacional do Azulejo, em Lisboa, de forma a preservar e estudar a arte da azulejaria em Portugal. Outro destaque para os painéis de azulejo vai para a Estação de São Bento, no Porto, onde poderá observar mais de 20.000 pequenos quadrados, pintados à mão! Vale a pena visitar!

 

Sem dúvida que os azulejos são das características que mais orgulham os portugueses, dada a sua beleza estética e a sua forte presença nas ruas do país. Se visitar Portugal, esperam-lhe passeios muito coloridos!

Voltar ao blog

Está à procura de mais artigos como este?

SUBSCREVA NOSSA NEWSLETTER